Após dias em Miami para receber homenagem pelos 30 anos de carreira, Fátima Bernardes desembarcou no Brasil para retomar com a apresentação do “Encontro” e também para prestigiar o 3º Jantar “Sim a Igualdade Racial”, realizado no Hotel Belmond Copacabana Palace, na zona sul do Rio de Janeiro, na noite da ultima quinta-feira (17). Na ocasião, a apresentadora surgiu vestindo um longo reto, com listras em paetê, arrematando um visual elegante e deixando em evidência sua silhueta mais fina. “Quando a gente está bem por dentro, está bem por fora. As pessoas são generosas quando me reconhecem como ícone de beleza”, disse ao Purepeople , explicando a ausência de Túlio Gadêlha: “Hoje não deu para ele vir, mas nos Estados Unidos foi ótima a companhia dele”.

Apresentadora perde prêmio, mas festeja indicação: ‘Orgulhosa’

Na premiação, Fátima perdeu o prêmio para Luciana Barreto, Âncora e editora-executiva do Repórter Brasil Tarde, na TV Brasil. Mas para ela, ter sido indicada já é sinônimo de algo importante. “Estou muito orgulhosa! Vim com cinco pessoas da equipe e estou muito feliz com a indicação e o reconhecimento. Temos que falar cada vez mais de igualdade, de respeito, e é o nosso papel. Já que temos um espaço, damos voz a quem tem o que dizer realmente”, explica. A jornalista também comentou sobre a relação próxima que o público sente em ter dela: “Acho que eu poderia ser da família de qualquer brasileiro. Vim de uma classe mais baixa. Batalhei para chegar lá. Podia ser aquela prima, a sobrinha,.. as pessoas acreditam no que eu faço. O elogio que mais gosto de ouvir é quando elas dizem que sou muito parecida com o que elas imaginavam. Isso me deixa muito feliz”.

 (PUREPEOPLE)