Você precisa conhecer a extensão de cílios, processo que usa fios sintéticos ultrafinos e leves para deixar as pestanas alongadas e volumosas sem a utilização de rímel, seguindo a tendência natural da maquiagem. Em entrevista ao Purepeople , as especialistas Carina Arruda, Nayana Barboza e Jane Muniz explicam como os diferentes estilos do procedimento são feitos. “Os cílios têm grande importância para a saúde dos olhos, sendo protetores naturais, além de embelezarem o olhar”, comenta Carina ao reforçar a relevância dos pelos.

Técnica é indolor e não oferece riscos dermatológicos

Diferentemente da fotodepilação e dos processos de micropigmentação, a técnica é indolor e o material usado é colado a 1 milímetro da pele para
evitar problemas dermatológicos. “As técnicas são feitas fio a fio ou tufo. No fio a fio, há o isolamento de cada cílio, colocando a quantidade contratada de 1 fio, 2 fios, 3 fios, ou até 6 para cada cílio”, revela Nayana do Rio Arte. Sobre a opção de tufo, Jane descreve: ” A cliente pode optar por fazer a aplicação do que chamamos de ‘tufos’, que vem com vários nomes, que variam de acordo com quantos fios estão presentes no ‘tufinho’ colocado junto à base do pelo já existente. ” Carina explica a diferença entre as quatro técnicas que oferece na My Lash: “A Extensão Clássica tem cílios de fibra única colados delicadamente no cílio natural. Varia entre as cores preta e marrom e é indicada para quem está fazendo pela primeira vez, pois é mais tradicional. Já a Glam, é composta por cílios mais espessos que os usados no clássico tradicional. Porém, de tecnologia avançada e mais leves e seguros.” Ela indica a Glam para quem quer mais destaque ou disfarçar as pálpebras caídas.

Volume Russo para quem deseja um olhar expressivo

Para quem quer um olhar expressivo e não tem medo de ousar na make, Carina indica: “No Volume Russo, são colados fios ultrafinos uns nos outros e, em seguida, colados no cílio natural. Os cílios colados são feitos artesanalmente, chamados de ‘fan’. Vale lembrar que esta técnica é bem diferente do ‘tufo’, que são cílios pré-moldados. O volume é indicado para mulheres mais ousadas e menos discretas. Já a Mesclada, junta a Extensão Clássica e o Volume Russo para maior destaque do olhar. São colados até quatro fios de seda em cada cílio natural e em outros apenas um, já que misturam-se as técnicas”. Pioneira da técnica Volume Russo no Brasil, Carina conta que a primeira sessão dos procedimentos demora 2 horas e podem variar chegar a R$ 530,00.

Manutenção e cuidados: ‘Depende do ciclo de crescimento dos cílios naturais’

Apesar de ser um processo simples, nem todas as pessoas podem fazer a extensão dos cílios. “Não indicamos o procedimento para pessoas de pele muito sensível ou com patologias na pele. Gestantes e lactantes também não podem alongar os cílios”, afirma Jane ao descrever as restrições do Spa das Sobrancelhas. O ideal seria ficar 24 horas sem usar rímel e passar por uma etapa que antecede a colagem dos pelos sintéticos realizada pelos próprios profissionais. “Antes do procedimento, a limpeza dos cílios naturais é feita com soro e shampoo neutro”, afirma Carina. Para não correr o risco de ter a extensão descolada e passar por uma situação desagradável, é necessário que todos os cuidados indicados sejam cumpridos: “São vários fatores que influenciam na durabilidade, então existe, sim, a possibilidade (dos cílios descolarem) se não tiver os cuidados diários. Depende do ciclo de crescimento dos cílios naturais da cliente e principalmente dos cuidados.”

Profissional lista precauções que devem ser tomadas após realização do procedimento
Jane alerta que é importante tomar algumas precauções depois da passar pelo procedimento: “A cliente não deve lavar a área dos olhos por cerca de 24 horas após a aplicação dos cílios, indicamos não lavar com água muito quente, secar suavemente a região e evitar atritos ou fricção intensa nos cílios. Sugerimos higienizar com produtos específicos ou demaquilante suave a base d’água, além de não recomendarmos o uso de rímel.” Ainda sobre os cuidados, Nayana acrescenta: “Não usar demaquilante nos cílios e evitar banho de piscina, mar, saunas e água quente.” O procedimento precisa de revisão, mas é menos demorada e mais barata, variando de acordo com o tempo de retorno da cliente. “Com duração de 30 minutos a 1 hora e 30 minutos, a manutenção normalmente ocorre entre 3 a 4 semanas após a primeira aplicação, mas, caso as orientações não sejam seguidas, provavelmente necessitará ser feita em um menor intervalo de tempo”, explica Carina.

Como fazer a remoção: ‘Deve ser realizada por um profissional’
O efeito dos cílios na aparência é muito marcante, sendo essencial caprichar nas máscaras de cílios para valorizar a maquiagem. Mas quem adere a extensão não precisa se preocupar com isso: “O procedimento proporciona cílios mais volumosos, longos e naturais, trazendo também praticidade para a rotina de beleza das mulheres, uma vez que não há perda de tempo com maquiagem.” Além disso, não é definitivo. “A remoção deve ser feita por uma especialista, nunca em casa pela própria cliente, que não deve puxar as extensões”, alerta Carina. Se você quer saber o motivo para não retirar a extensão em casa, Nayana conta: “Não recomendamos puxar os cílios, pois os naturais podem sair juntos.” Para quem sofre com quedas dos pelos na região, Jane sugere: “Para fortalecer os fios e garantir que os procedimentos durem mais, a cliente pode usar o Nutrifix, que estimula o crescimento no bulbo capilar e fortalece pelos enfraquecidos graças à sua formulação com extrato de artêmia e chá verde.”

(PUREPEOPLE)