Não será dessa vez que a pequena Títi, de 4 anos, vai fazer sua estreia na frente das câmeras. A assessoria de imprensa de Giovanna Ewbank negou ao Purepeople , nesta quarta-feira (6), que a menina participará do reality “Casa dos Sonhos”, ao lado da mãe e do pai, Bruno Gagliasso. A atração está prevista para estrear ano que vem no canal pago GNT. “Não existe no horizonte qualquer possibilidade da Títi participar de qualquer programa de televisão, reality-show ou não”, assegurou a porta-voz da atriz.

Programa vai acompanhar construção de casa

Segundo a colunista Patricia Kogut, do jornal “O Globo”, Títi e os pais iriam protagonizar uma atração de 13 episódios gravada em Secretário, na Região Serrana do Rio, onde os atores têm uma casa. O programa irá acompanhar a construção de uma casa sustentável. No local, Bruno também está erguendo uma casa de R$ 3 milhões para abrigar animais silvestres vítimas de maus-tratos.

‘Agressivo’, afirmou Bruno sobre ataque racista à filha

No final de novembro, Títi foi vítima de racismo pela terceira vez na web. Na ocasião, Day McCarty chamou a filha dos atores de “macaca” e disse que o cabelo da menina era “horrível”. Para a brasileira que se intitula socialite, a menina nunca poderia ser filha dos atores pois tem características genéticas diferentes. Em entrevista ao “Fantástico “, Bruno chorou ao lembrar o ataque racista. “Não tinha ideia que era assim. Óbvio que sempre soube que (o racismo) existia, mas vivenciar isso dentro de casa é muito forte, agressivo, machuca. E você só sente quando está dentro de casa”, afirmou. “Estávamos despreparados para o que vinha. A gente se sente meio que correndo contra o tempo para conseguir as ferramentas para criar a nossa filha negra num país racista”, completou Giovanna, que, ao lado do marido, recebeu o apoio de famosos como Luan Santana e Xuxa.

(Purepeople)